17 de abril de 2013

PEDANTISMO




François Rabelais

Sem comentários:

Enviar um comentário